Arquivo de Tag | vida

Trilha Sonora da minha vida #2 – Everybody’s Talkin

midnightcowboy
Everybody’s Talking foi escrita e lançada por Fred Neil em 1966. Contudo, a música ganharia a eternidade três anos depois. Na voz de Harry Nilsson ela chegou ao segundo lugar no ranking da Billboard Adult Contempory e ganhou um Grammy neste ano. O motivo? O filme Perdidos na Noite, ou Midnight Cowboy, em seu título original.

Trilha sonora da minha vida #1 – Love Street

Casa de Jim and Pam

Casa de Jim e Pam

Love Street é uma canção baseada em um poema escrito por Jim Morrison. Foi lançada em 1968 no álbum Waiting for the Sun.

A música refere-se a rua na qual ele morava em Laurel Canyon, na Califórnia, com Pam, sua namorada. Lá eles ficavam sentados na varanda observando os hippies que passavam pela rua. A casa ainda continua no mesmo local, mas foi parcialmente destruída durante uma onda de incêndios criminosos em dezembro do ano passado. A varanda onde Jim e Pam costumavam ficar foi destruída.

Quem inventou as regras da vida?

Às vezes me pergunto quem inventou as regras da vida, esse modo como vivemos hoje e que já estamos tão acostumados. Um frenético estilo de viver em busca de sucesso profissional, financeiro, amoroso, social, e muitos vários tipos de triunfos.  É como se fosse uma grande corrida onde a linha de chegada está lá longe, e só quando você conseguir as coisas que supostamente deve conseguir, será, então, finalmente feliz.

Não sei, mas parece que muitos de nós já estamos tão habituados a certos estigmas da sociedade que nem mais nos questionamos em relação a elas ou pensamos por que funcionam do jeito que funcionam. Aliás, na corrida do mundo, se você pensar demais sobre questões da vida vai ficar parado no caminho, e logo vão tomar sua vaga, seu emprego, seu amor, suas prioridades.

Leia Mais…

O tempo

Relativo. Senhor da razão. Cura todas as feridas. Indelével, impiedoso, inevitável. Tudo isso se refere a um conceito tão conhecido quanto desconhecido por todos: o tempo.

Nossa vida passa e muitas vezes nem nos damos conta de como estamos preenchendo esse tempo, e ele naturalmente se esvai como se cada pessoa tivesse uma metafórica ampulheta dentro de si.

Recentemente um episódio tão banal quanto epifânico me fez parar justamente para refletir sobre o tema. “O que estou fazendo com o meu tempo?”, vi-me indagando.

Leia Mais…