Trilha sonora da minha vida #1 – Love Street

Casa de Jim and Pam

Casa de Jim e Pam

Love Street é uma canção baseada em um poema escrito por Jim Morrison. Foi lançada em 1968 no álbum Waiting for the Sun.

A música refere-se a rua na qual ele morava em Laurel Canyon, na Califórnia, com Pam, sua namorada. Lá eles ficavam sentados na varanda observando os hippies que passavam pela rua. A casa ainda continua no mesmo local, mas foi parcialmente destruída durante uma onda de incêndios criminosos em dezembro do ano passado. A varanda onde Jim e Pam costumavam ficar foi destruída.

Hipocrisia

Exercício de mentira.

Ser hipócrita é acreditar numa inverdade, na tentativa em enganar a consciência para que de alguma maneira mostre que o resultado dessa crença será positivo.

É um ledo engano.

Impossível dormir tranquilo quando se nega uma verdade à consciência, seja com palavras ou até com ações.

Acreditar que nada vá acontecer, pela falsa sensação de poder que determinados atributos acompanham é demonstrar falta de respeito.

Leia Mais…

Imagina só quando….

Estamos acostumados ver filmes de ficção científica e ficar imaginando quando – e se é que – algumas daquelas grandes invenções chegarão a ser, de fato, incorporadas em nosso dia-a-dia. Quem não espera ainda ver os tênis que amarram-se sozinhos do filme De Volta para o Futuro? Pelo menos as telas touch screen hoje já fazem parte do nosso dia-a-dia.

Mas existem filmes com histórias tão fantásticas que mexem com nosso imaginário e passam, inclusive, a ser referência para expressões cotidianas. Matrix foi um deles. Contudo, impossível imaginar esta ficção aliada a um estudo sério e científico. Mas é o que está acontecendo neste exato momento.

Leia Mais…

Fatos e Fotos

Jean Luc Ponty no Guairão, no encerramento da quinta edição do Curitiba Jazz Meeting.

Quem inventou as regras da vida?

Às vezes me pergunto quem inventou as regras da vida, esse modo como vivemos hoje e que já estamos tão acostumados. Um frenético estilo de viver em busca de sucesso profissional, financeiro, amoroso, social, e muitos vários tipos de triunfos.  É como se fosse uma grande corrida onde a linha de chegada está lá longe, e só quando você conseguir as coisas que supostamente deve conseguir, será, então, finalmente feliz.

Não sei, mas parece que muitos de nós já estamos tão habituados a certos estigmas da sociedade que nem mais nos questionamos em relação a elas ou pensamos por que funcionam do jeito que funcionam. Aliás, na corrida do mundo, se você pensar demais sobre questões da vida vai ficar parado no caminho, e logo vão tomar sua vaga, seu emprego, seu amor, suas prioridades.

Leia Mais…

O menor de todos os felinos é uma obra de arte


Arafat e Jéssica, os gatos gaúchos lá de casa.

“O menor de todos os felinos é uma obra de arte”,

Leonardo da Vinci. 

 

O tempo

Relativo. Senhor da razão. Cura todas as feridas. Indelével, impiedoso, inevitável. Tudo isso se refere a um conceito tão conhecido quanto desconhecido por todos: o tempo.

Nossa vida passa e muitas vezes nem nos damos conta de como estamos preenchendo esse tempo, e ele naturalmente se esvai como se cada pessoa tivesse uma metafórica ampulheta dentro de si.

Recentemente um episódio tão banal quanto epifânico me fez parar justamente para refletir sobre o tema. “O que estou fazendo com o meu tempo?”, vi-me indagando.

Leia Mais…

Vote… quem?

Neste sábado, caminhando dom Dona L. pelo centro da cidade, encontramos na Praça Osório uma manifestação muito bacana. Trata-se do Cavalete Parade.

Diversos artistas de ruas, mobilizados pelo Facebook, levaram suas obras de arte feitas com uma matéria prima em abundância devido à sazonalidade: cavaletes eleitorais.

Todos foram recolhidos após às 22h, horário limite para que os candidatos e suas equipes os retirem de circulação.

Leia Mais…

Fatos e Fotos

Segundo a Wikipedia, Amanita, é um gênero de fungos basidiomicetos da família Amanitaceae, compreendendo aproximadamente 600 espécies que apresentam um anel abaixo do píleo (o popular chapéu) e esporos brancos; algumas espécies são comestíveis, mas muitas são tóxicas ou até mortais, incluindo algumas das espécies mais tóxicas de cogumelos de todo mundo.

Este cogumelo amanita em especial eu achei dentro de uma plantação de pinnus taeda na região de Imbituva, próximo à Palmeira. Media pouco mais de cinco centímetros e é extremamente venenoso…

 

Entendendo as redes sociais…

Você já tentou entender as redes sociais??? Olhe a gravura abaixo e ai tudo fica claro…